Releases

Flex realiza lançamento do livro Conexões

Livro apoiado pela Flex e criado pelo fotógrafo Danísio Silva junto com o jornalista Paulo Clóvis Schmitz ressalta, dentre outras temáticas, o comportamento da sociedade frente as diversas formas de conexões.

Flex realiza lançamento do livro Conexões‘(…) ainda que as tecnologias sejam indispensáveis, o sucesso de cada um desses contatos depende da qualidade das interações humanas’. Essa é uma das passagens do livro Conexões, criado pelo fotógrafo Danísio Silva junto com o jornalista Paulo Clóvis Schmitz. A obra, lançada na noite dessa quarta, 04 de julho, no lounge da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), com o apoio da Flex, promove – dentre outras análises – uma reflexão sobre o comportamento da sociedade frente às diversas formas de conexão.

“A mente está o tempo todo estabelecendo formas para estabelecer quem domina. E o futuro da tecnologia, para mim, traz um sentimento de controle. É como se a tecnologia criasse a ilusão de liberdade, mas com uma proposta de ‘controlar’”, analisa Danísio sobre os impactos das transformações tecnológicas no dia a dia da sociedade.

O lançamento foi prestigiado por vários artistas e profissionais atuantes em quase 20 áreas do conhecimento. No livro, a Flex ganhou um capítulo exclusivo intitulado ‘Conectada para Fazer a Diferença’. Nesta seção os autores destacaram as interações humanas e sua diferença no dia a dia na gestão do relacionamento.

“Hoje tudo é conexão. Você está aqui, mas consegue se conectar com pessoas do outro lado do mundo. Nosso projeto não foi apenas em cima de conexões tecnológicas, mas também conexões em geral. E a Flex tem esse know-how. Foi muito interessante porque, entendemos inclusive, como a empresa trabalha isso na relação com seus profissionais”, reforça Paulo Schmitz.

Exposição Conexões

Além do coquetel de lançamento, o público também prestigiou a exposição de algumas imagens do livro. As Flex realiza lançamento do livro Conexõesfotografias foram expostas nas arquibancadas da Acate no intuito de provocar os visitantes e promover a interação das pessoas.

“Somos uma empresa com mais de 12 mil profissionais. Só aqui no estado são cinco mil pessoas que se conectam todos os dias com milhares de outras pessoas.  A oportunidade de participar deste projeto foi fantástica. Por ser uma empresa de tecnologia, nós entendemos que tecnologia sem conexão não funciona. Florianópolis se destaca nacionalmente por ser uma cidade conectada. Acho que conseguimos um arranjo de iniciativas privada, cidadão, prefeitura, governo e isso que faz essa cidade diferente. Talvez a ilha da magia seja ainda das mágicas das conexões, porque nós nos diferenciamos do Brasil inteiro”, completa o presidente da Flex Topázio Silveira Neto.

Compartilhar:

05 de julho de 2019

Compartilhar:

Imprensa: Compliance Comunicação