Releases

Flex apoia lançamento do livro Ostras Coisas do Mar

Obra produzida pelas fotógrafas Nilva Damian e Sandra Puente foi lançada durante a 20ª Feira Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana (Fenaostra), no Centro de Florianópolis.

Flex apoia lançamento do livro Ostras Coisas do MarApoiar iniciativas culturais é uma das várias ações da Flex em prol da transformação social. Este ano, a Companhia participou de mais um projeto que valoriza e reconhece a cultura no estado: o lançamento do livro Ostras Coisas do Mar.

O evento aconteceu na noite dessa terça-feira, 10 de setembro, durante a 20ª Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana (Fenaostra), realizada na Praça Fernando Machado, no Centro de Florianópolis. A obra, produzida pelas fotógrafas Nilva Damian e Sandra Puente, revela em imagens a ostreicultura na capital, sua essência, além dos diferentes personagens que disseminam essa prática em Florianópolis e que contribuíram para dar à cidade o título de capital da Ostra no País.

“No convívio durante o projeto, capturando imagens, tivemos um contato muito grande com as pessoas que lidam com as ostras. E percebemos nesse trabalho que existe uma relação única entre o ostreicultor e a ostra. Foram dois anos coletando material e para nós foi bem marcante”, ressalta Nilva Damian.

No livro, as autoras também destacam como é o início desse trabalho, os desafios da prática e as mulheres pioneiras neste contexto.

“Ressaltamos bastante as maricultoras que começaram esse cultivo da ostra aqui, como por exemplo a Rita de Cássia, no Ribeirão da Ilha, e a Gioconda Lessing Rosito, em Santo Antônio de Lisboa. Foi muito gratificante ver essa força da mulher. Agradecemos muito a oportunidade de ter conhecido essas pessoas, esses lugares e também às empresas que acreditaram no nosso trabalho. A Flex é uma das principais, pois através dela conseguimos dar início ao nosso projeto”, completa Sandra Puente.

A obra Ostras Coisas do Mar é o segundo livro que contou com o apoio cultural da Flex em 2019 – o primeiro foi o Conexões, do fotógrafo Danísio Silva em parceria com o jornalista Paulo Clóvis Schmitz.

“A Flex tem uma preocupação e sinergia com questões culturais e sociais. Tudo que é relativo à educação e melhoria nas condições da comunidade interessam a nossa empresa. Investir na cultura e na educação é desenvolvimento para o País. É uma tarefa indispensável para qualquer organização. Todas as iniciativas – sociais, ambientais e culturais – fazem diferença. Nosso trabalho é disseminar essa relevância de forma constante”, completa a superintendente de Responsabilidade Social, Luciana Ávila.

Compartilhar:

12 de setembro de 2019

Compartilhar: