Conteúdos Flex

Realidade Virtual e Aumentada: os impactos na experiência do cliente

13 de março de 2019

Compartilhar:

Como a Realidade Virtual e Aumentada impactam a experiência do usuário? Conheça suas aplicações no relacionamento com o cliente!


A tecnologia de Realidade Virtual (VR na sigla em inglês) começou a se desenvolver a partir dos anos 70 e popularizou-se recentemente através de seu uso no cinema e nos videogames. Com o desenvolvimento de avanços na computação gráfica, na capacidade de processamento dos computadores e nos sensores de movimento, ela tornou-se também cada vez mais utilizada nos negócios, notadamente no relacionamento com o cliente.

O que é a Realidade Virtual e como funciona?

A VR é uma tecnologia imersiva que coloca a pessoa dentro de um mundo 100% virtual criado através do computador. Ela permite a qualquer um entrar em jogos, filmes, cenários, pontos turísticos – e pontos de venda virtuais – bem como movimentar-se por eles e interagir de diversas formas.

Utilizando um óculos especial, como os Oculus Rift, ou um capacete de imersão, o usuário mergulha em uma nova realidade na qual ele também pode manipular objetos, deslocar-se e realizar diversos movimentos.

Os impactos da VR no relacionamento com o cliente

Para os próximos anos, o uso da Realidade Virtual desponta como uma das grandes tendências no relacionamento com o cliente. De acordo com um relatório da empresa americana Digi-Capital, até 2021 essa tecnologia deve movimentar cerca de US$ 108 bilhões no mercado global.

Isso porque a Realidade Virtual é uma ferramenta única e poderosa para criar uma experiência de usuário impactante. Com ela os negócios comunicam-se com os consumidores de uma maneira inovadora e potencializam resultados em vendas, fidelização e criação de valor.

Uma de suas vantagens mais marcantes é a possibilidade de estabelecer uma ligação emocional entre as pessoas e marcas. Isso graças às experiências que podem explorar os diversos sentidos e trazer surpresa e encantamento.

Um conteúdo em Realidade Virtual permite ao consumidor, por exemplo, testar e conhecer produtos ou serviços sem ao menos precisar sair de casa. Uma concessionária de carros pode oferecer um test-drive que possibilite o cliente conhecer e dirigir um carro sentado no sofá da sua sala. Isso tudo sem que a empresa precise também disponibilizar um espaço para que se dirija um veículo, muito menos o próprio veículo.

Ou então o consumidor pode provar uma roupa sem nem precisar ir à loja ou ao menos vestí-la realmente. Uma agência de turismo pode dar ao cliente a oportunidade de conhecer previamente diversos destinos turísticos para ele escolher. São inúmeras as possibilidades que a Realidade Virtual oferece.

Além disso, essa tecnologia também apresenta oportunidades para aperfeiçoar o atendimento e o suporte ao cliente. Caso o consumidor encontre problemas com um produto, por exemplo, ele pode acessar um ambiente virtual em que um atendente vai ajudá-lo demonstrando uma solução ou uma nova funcionalidade.

E a Realidade Aumentada?

Outro recurso inovador que valoriza o relacionamento com o cliente é a Realidade Aumentada (AR na sigla em inglês). Segundo projeções da consultoria Gartner, até 2020 cerca de 100 milhões de consumidores irão fazer compras através de soluções que utilizam essa tecnologia.

Derivada da Realidade Virtual (VR), ela permite misturar o mundo virtual e o mundo real, combinando imagens capturadas com projeções em 3D. Um exemplo são os filtros do Instagram Stories com efeitos de batons, cores e máscaras.

O foco deve estar sempre na experiência do cliente

A Realidade Virtual e Aumentada ganham cada vez mais espaço no relacionamento com o cliente. Isso porque é muito difícil para marcas e empresas destacarem-se no atual cenário sem auxílio de algumas tecnologias. Hoje em dia vivemos em meio a um turbilhão de informações vindas de todos os lados. Portanto antes de tudo é preciso envolver o consumidor para poder convencê-lo.

Porém para obter benefícios dessas tecnologias no relacionamento com seu cliente é preciso ser estratégico. Além de entender que o importante não são mais os atributos de produtos e serviços, mas sim as experiências que eles proporcionam.

Campanhas e ações de marketing e relacionamento de sucesso que utilizam as tecnologias de Realidades Virtual e Realidade Aumentada, não são focadas em falar do produto propriamente dito, mas sim em priorizar as emoções e as pessoas.

Afinal, não importa em qual realidade você quer se comunicar – seja virtual, aumentada ou não – nem o porte de sua empresa ou setor de atuação. Nos próximos anos uma afirmação sempre será verdadeira: para melhorar resultados a experiência do cliente deve estar em primeiro lugar.

Agora que você já sabe a importância Realidade Virtual e Aumentada, que tal aprender sobre Inteligência Artificial? Confira nosso post “Qual o impacto da inteligência artificial na experiência do consumidor do futuro?”.