Conteúdos Flex

Empreende Flex: Diretor Executivo da Junior Achievement SC fala sobre empreendedorismo

Diretor Executivo da Junior Achievement SC Evandro Badin fala sobre perfil empreendedor e as oportunidades do Empreende Flex.


Não existe receita para criar uma empresa de sucesso, mas alguns ingredientes podem ser cruciais para determinar os rumos de um projeto ou negócio. Para entender um pouco sobre empreendedorismo, identificar prós e contras de uma iniciativa, vencer os desafios do mercado e entender que empreender faz parte de um universo muito mais abrangente, o administrador e diretor Executivo da Junior Achievement de Santa Catarina, Evandro Badin, pontuou alguns fatores importantes que podem ajudar o profissional a enxergar, na própria iniciativa, grandes oportunidades de negócio. Confira a entrevista.

 

1- Evandro, como poderíamos definir o perfil do empreendedor de hoje?

O empreendedorismo tomou dimensões muito maiores do que no passado. Empreender não se resume apenas a criar ou conceber um negócio. Significa executar, ter a ousadia de pensar de forma inovadora sobre soluções para problemas contemporâneos e novas necessidades das pessoas. O perfil do empreendedor está relacionado com a inquietude da pessoa que quer transformar sua vida e a vida de outros. Nele está a iniciativa e a autoconfiança,
aliadas a persistência e busca permanente pela excelência nas suas ações e projetos.
Além disso, ter um olhar crítico, de forma ampla e globalizada torna-se fundamental
nos dias de hoje.

 

2- Quais os principais desafios para quem quer abrir um negócio?

Focar nas necessidades das pessoas, na sua jornada, ter um bom planejamento e a desafiante construção de uma equipe comprometida e empreendedora. Conhecer muito bem as ‘regras do jogo’ também é importante. Tudo está aí, em forma de leis, mas acima de tudo, de ética. Precisamos de empresários socialmente responsáveis pelo seu negócio e pela sua conduta.

 

3- Quais os conhecimentos básicos necessários que o profissional deve ter para conseguir montar um negócio e como ele pode se preparar para esses desafios?

Cada vez mais é necessário estudar. Não parar nunca. Ler e procurar estar atualizado na medida do possível. Também é importante focar no negócio, estudar sobre ele, perceber os diferenciais das empresas exponenciais do seu ramo, sempre ouvir pessoas e pedir ajuda quando quiser entender melhor qualquer movimento de mercado ou de inovação em seu segmento. Existem muitos caminhos para essa ‘preparação’, mas, acima de tudo, é conceber uma grande ideia, reconhecer seu talento ou habilidade e colocá-lo a serviço de um empreendimento, seja ele como profissional liberal, empreendedor dentro de um negócio ou ainda de um negócio próprio. Uma grande ideia vale ouro! Muitos estarão dispostos a investir com você se perceberem o potencial de crescimento e escala do seu modelo ou plano de negócio. Não quero dizer que deva sair procurando sócios. Muitas vezes você pode dar os primeiros passos sozinho e, na medida em que o negócio estiver melhor formatado, poderá mostrar para investidores ou avaliar a possibilidade de venda da sua empresa, caso muito comum entre startups.

 

4- Muitas vezes o profissional não consegue o sucesso que projetou. Como lidar com o medo do fracasso?

O fracasso é um ingrediente fabuloso se soubermos lidar com ele e usá-lo a favor do negócio. Tem uma frase bacana que diz assim: ‘É melhor errar rápido’. Isto tem relação com o quanto investimos de tempo e dinheiro em ideias, produtos ou serviços. É bom sempre testar, virar pequenos lotes, sentir como o usuário responde, como essa ideia atende alguma necessidade, qual o potencial que ela tem e, antes mesmo de você se apaixonar por ela, poder mudar, recomeçar e idear outras possibilidades ou negócios.

 

5- Existe uma receita para um negócio de sucesso?

Não, realmente não existe. Na minha opinião, ter iniciativa, atitude positiva perante a vida, resiliência e perseverança são ingredientes que podem ajudar muito. Claro que estar firme no propósito, comprometido e disposto a ‘suar’ pela sua ideia não devem ser desconsiderados. Os únicos limites que existem são o tamanho das suas ideias e o grau de dedicação que você colocará nesse empreendimento.

 

6- Em um mundo tão competitivo como o de hoje não é difícil encontrar profissionais multitarefas, que aliam seus trabalhos diários com atividades alternativas. Como administrar melhor esse tempo para que a atividade extra consiga gerar lucros?

O desafio é buscar o equilíbrio entre trabalho, família e lazer, não esquecendo a necessidade de exercitar o corpo. É comum nos depararmos com pessoas estressadas. Também é trivial falarmos que são provocadas justamente pela falta de coerência na distribuição dos tempos para cada ação ou segmento da vida. Trabalho nunca matou ninguém, mas se não for bem dosado destrói relações e, sobretudo, a saúde física e mental do empreendedor.

 

7- Conte um pouco sobre o Empreende Flex. O que é esta iniciativa?

O sonho de sermos uma empresa que, além de inclusiva, permita a cada profissional a realização de todo o seu potencial, que incentive, promova e reconheça o protagonismo de cada pessoa, é fantástico e inovador. Esse é o Empreende Flex, uma atitude empresarial totalmente sintonizada com o propósito da organização e com o propósito de vida de cada um.

8- Mas de que forma esta iniciativa ajudará na promoção das habilidades/negócio dos profissionais Flex?

A empresa quer dar ao profissional visibilidade. Quer dar oportunidades iguais e auxiliar, ofertando uma programação com espaços para qualificação, feiras de produtos e serviços para seu público interno e para a própria Flex. Para aqueles que tem um sonho, uma ideia de negócio na gaveta, queremos conhecer, ouvir, viabilizar a iniciativa. Será uma grande plataforma de talentos e de infinitas possibilidades. O Empreende Flex será do tamanho do nosso sonho, mas precisa da participação e envolvimento de todos para que seja um sonho coletivo.

9- Às vezes os profissionais não investem em suas habilidades ou projetos por medo de não darem certo ou de acharem que não tem um produto/serviço tão bom para o mercado. O que você diria para essas pessoas?

Eu diria, comecem já. Planejem sim, mas errem rápido, pois assim o investimento de tempo e dinheiro são menores. Recomecem sempre. A cada passo uma nova experiência acontece e mais aprendizado acumulamos. Essa é a trilha do empreendedor, ter a ousadia de, executar algo, assim deve ser. Vamos em frente!

 

Conheça mais o Empreende Flex.

empreende flex

 


EVANDRO CARLOS BADIN

Graduado em Administração de Empresas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), especialista em Produtividade pela Organização Internacional do Trabalho – Brasil, especialista em Desenvolvimento de Estratégias de Apoio a Pequenas Empresas pela OIT – Turim – Itália, diretor Executivo da Junior Achievement de Santa Catarina, membro do Conselho de Diretores da Junior Achievement Brasil, conselheiro da Fundação Hermann Hering, conselheiro da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.


 

Conheça mais programas da Flex.

Compartilhar:

08 de outubro de 2018

Compartilhar: