Conteúdos Flex

A cobrança digital torna-se cada vez mais essencial

08 de janeiro de 2019

Compartilhar:

A cobrança digital é um caminho sem volta no cenário onde o público está mais avesso às antigas formas de abordagem e deseja inovação.


A revolução da era digital não poderia deixar de chegar ao setor de cobrança. Na medida em que os clientes recorrem cada vez mais aos canais digitais para realizar suas transações financeiras, as operações de cobrança estão finalmente se aproximando dessa tendência e modificando suas práticas tradicionais. Isso é uma boa notícia tanto para as empresas quanto para o consumidor.

 

As novas soluções digitais ajudam significantemente os negócios a otimizar seus processos de cobrança e recuperação de crédito, otimizando custos e incrementando as receitas. Ao mesmo tempo a implantação da cobrança digital torna a experiência do usuário muito mais satisfatória, ao trazer privacidade e praticidade com a oferta de novas opções para negociar dívidas da maneira que o consumidor achar melhor.

 

Desse modo, cada vez mais as antigas ligações telefônicas cedem lugar à outras formas de abordagem de cobrança. Menos invasivas e adaptadas aos novos hábitos e comportamentos do público, elas trazem melhores resultados do que os métodos tradicionais. Resumindo, ofereça alternativas digitais para o consumidor quitar seus débitos e ele o recompensará.

 

Afinal, o Brasil já tem oficialmente mais smartphones ativos do que pessoas. São 220 milhões de celulares em funcionamento no país contra 207,6 milhões de habitantes, de acordo com dados da FGV e do IBGE. Naturalmente, a cobrança digital deve então estar no centro das estratégias de toda empresa que deseja prosperar no mercado.

 

Mas e como funciona a cobrança digital?

 

Ela consiste no envio de avisos, boletos e outras formas de sensibilização por meio de canais e plataformas digitais. Nelas o consumidor pode negociar e pagar suas contas online, em seus próprios termos, a qualquer hora do dia ou da noite, utilizando o canal que ele preferir. Assim evitam-se abordagens mais agressivas de cobrança e a tradicional ligação telefônica com atendente, que é cada dia mais rejeitada, além de ter maiores custos operacionais.

 

O processo de cobrança digital pode começar através de um SMS, e-mail marketing, ChatBot, Messenger ou WhatsApp, contendo um link para uma Landing Page. Lá o consumidor pode fazer download do boleto, conhecer outras formas de negociação e de pagamento ou negociar novos termos que podem ser mais atraentes. A chave do sucesso é proporcionar meios para o consumidor interagir com privacidade, de forma rápida, simples e sem atritos. Quanto mais ele ficar satisfeito maiores serão as taxas de conversão.

 

Para uma empresa isso não significa somente reduzir as taxas de atraso e inadimplência, mas a possibilidade de monitorar a visualização das faturas, tendo assim em mãos esses e outros dados relevantes para gerenciar o negócio, reduzir custos e potencializar os lucros. E agora? Já está pronto para começar a implantar a cobrança digital na sua operação?